06/03/2010

Bobagens sobre o Oscar

Talvez o Oscar seja superestimado, seja realmente um prêmio mais comercial do que artístico. Mas é fato de que já virou clichê criticar o Oscar por isso. Talvez o prêmio exista para isso... premiar o filme comercial mais artístico... ou, o que seja. Fato é que é o mais famoso. Alguns pensamentos.

1) Há anos em que a disputa envolve grandes filmes. Como em 2008 com "Sangue Negro" e "Onde os fracos não têm vez". Anos bem medianos, como no ano passado em que o filme dos indianos ganhou do péssimo filme do bebe velho. E anos horríveis como no ano em que a disputa ficou entre Gladiador e "O Tigre e o Dragão".

2) Nem sempre os grandes atores ganham os prêmios nos seus melhores filmes. Al Pacino perdeu com "Um Dia de Cão", "Poderoso Chefão", "Scarface" e ganhou no papel do cego canastrão de "Perfume de mulher".

3) O Mesmo vale para diretores. Martin Scorsese perdeu com Taxi Driver, Touro Indomável, Gangues de Nova Iorque, Aviador (bem chato) e ganhou com Os infiltrados. Um filme mais ou menos.

4) Cinco filmes que ganharam o Oscar nos últimos anos e eu gosto: 1- Onde os fracos não tem vez (tenso e frustrante), 2- Crash (roteiro interessante), 3- Forrest Gump (clássico), 4- Os Imperdoáveis (Durão e sentimental), 5- A Lista de Schindler (grandioso e detalhista, apesar do final piegas).

5) Cinco filmes que ganharam o Oscar nos últimos anos, que eu acho uma merda: 1- Chicago (uma besteira), 2- Shakespeare apaixonado (outra besteira), 3- Titanic (grande produção, história e atuações de merda), 4- O Paciente Inglês (quantas vezes eu assistir, tantas vezes dormirei), 5- Gladiador (impressionante reconstrução gráfica do Coliseu. E só).

6) Cinco filmes que concorreram e perderam e que eu gosto: 1- Sobre meninos e lobos (melancólico e com grandes atuações), 2- O Pianista (outro filme triste), 3- Melhor é impossível (Jack Nicholson no papel de sempre, filme divertido), 4- Os caçadores da Arca Perdida (ok, esse é pra perceberem que eu não sou cult), 5- Um dia de Cão (melhor papel da vida do Al Pacino).

Esse foi meu momento top 5, de Alta Fidelidade.

Dos principais filmes desse ano só vi Bastardos Inglórios e o Up in the air. Não verei Avatar e espero um dia ver Guerra ao Terror. Só digo que torceirei pelos Bastardos.

Nenhum comentário: