09/10/2014

Centímetros e segundos

Nessa vida nós controlamos muita coisa, mas tenho certeza que não podemos calcular os centímetros e os segundos. Menos controle ainda temos sobre os milímetros e os milésimos. Aquele segundo em que achávamos que conseguiríamos pegar um objeto, que dava para atravessar a rua, a bola que bate no aro, que um segundo a mais ou amenos, por uns centímetros a mais ou a menos, tudo teria terminado bem.

O acidente de Jules Bianchi no último Grande Prêmio do Japão foi um acidente de centímetros e segundos. A única imagem amadora do evento, mostra que o trator que estava retirando o carro de Adrian Sutil estava voltando para trás, quando repentinamente o carro de Bianchi surge rasgando tudo e se estraçalhando.

Por poucos segundos, o caminhão estaria mais a frente e Bianchi se estatelaria contra o muro, ou contra a proteção de pneus sem maiores consequência. Por poucos centímetros, ele não bateu de traseira e saiu ileso do choque.

Mas nos segundos e centímetros exatos, ele passou por debaixo do trator e agora corre o risco de ficar para sempre em coma, ele que tem 25 anos. Pela crueldade dos segundos e dos centímetros.

Nenhum comentário: