26/11/2009

Tempos de Vestibular

As épocas, ou, o dia do vestibular poderiam ser divertidos, no sentido nostálgico da diversão.

Os professores de cursinho reunindo os vestibulandos na hora da entrada:

"É isso ai galera. Agora é manter a calma e a tranqüilidade. O tempo é suficiente, prestem atenção em todas as questões e se tudo der certo, o trabalho desse ano vai dar resultado agora".

Muitas pessoas se preparavam para o vestibular como uma guerra. Estudavam por horas, pensavam em estratégias. E os professores sempre diziam sobre as fórmulas perfeitas para ser aprovado.

A verdade é que não existe fórmula. Cada pessoa precisa se adaptar da melhor maneira. Há quem precise estudar por horas, há quem renda melhor sem estudar. É possível começar as provas pelas questões mais difíceis. Assim como pelas mais fáceis. Cada um é cada um, óbvio.

Mas há a questão da pressão. Existem professores, pais, que realmente pressionam os melhores alunos. E claro, as vezes é impossível suportar a pressão.

Bem, é complicado. É uma questão complexa, em que realmente não dá para montar uma linha de produção de aprovados em vestibular. Ou dá. Mas quantas pessoas será que não se perderam nas fórmulas de horas de estudo, de métodos de decoração?

Um texto da série "textos-que-muito-dizem-mas-pouco-falam".

Nenhum comentário: