16/09/2009

Calor

E há um momento em que faz tanto calor, mas tanto calor, que parece que o calor deixa de existir. Talvez seja uma defesa do organismo, talvez seja uma perda de sentidos. Ou talvez seja o corpo que começa a derreter.

E assim você vai virando água, tal qual Sheilla Mello.

Nenhum comentário: